domingo, 18 de outubro de 2009

Deus de gerações!






INTRODUÇÃO:

Definição de geração:

Sucessão de descendentes em linha reta: pais, filhos, netos, bisnetos, trinetos, tataranetos.

Conjunto de pessoas vivas numa mesma época.

Toda geração tem influência direta em relação à vida dos seus descendentes.

O que Deus espera de nós nesta geração que vivemos?

Que sejamos LUZ!

“Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte;...” (Mateus 5:14).

“... para que vos torneis irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração pervertida e corrupta, na qual resplandeceis como luzeiros no mundo...,” (Filipenses 2:15).

Temos que:

anunciar sobre os feitos de Deus

influenciar esta geração e as vindouras.

DEVEMOS PROCLAMAR QUEM É DEUS DE GERAÇÃO EM GERAÇÃO:

“O teu nome, eu o farei celebrado de geração a geração, e, assim, os povos te louvarão para todo o sempre” (Salmo 45:17).

“1. Escutai, povo meu, a minha lei; prestai ouvidos às palavras da minha boca. 2. Abrirei os lábios em parábolas e publicarei enigmas dos tempos antigos. 3. O que ouvimos e aprendemos, o que nos contaram nossos pais, 4. não o encobriremos a seus filhos; contaremos à vindoura geração os louvores do Senhor, e o seu poder, e as maravilhas que fez. 5. Ele estabeleceu um testemunho em Jacó, e instituiu uma lei em Israel, e ordenou a nossos pais que os transmitissem a seus filhos, 6. a fim de que a nova geração os conhecesse, filhos que ainda hão de nascer se levantassem e por sua vez os referissem aos seus descendentes; ...” (Salmo 78:1 a 6).

“Para sempre estabelecerei a tua posteridade e firmarei o teu trono de geração em geração” (Salmo 89:4).

“Senhor, tu tens sido o nosso refúgio, de geração em geração” (Salmo 90:1 – Moisés).

“Porque o Senhor é bom, a sua misericórdia dura para sempre, e, de geração em geração, a sua fidelidade” (Salmos 10:5).

“Tu, porém, Senhor, permaneces para sempre, e a memória do teu nome, de geração em geração” (Salmo 102:12).

“Ficará isto registrado para a geração futura, e um povo, que há de ser criado, louvará ao Senhor; ...” (Salmo 102:18).

“A tua fidelidade estende-se de geração em geração; fundaste a terra, e ela permanece” (Salmo 119:90).

“O teu nome, Senhor, subsiste para sempre; a tua memória, Senhor, passará de geração em geração” (Salmo 135:13).

“Uma geração louvará a outra geração as tuas obras e anunciará os teus poderosos feitos” (Salmo 145:4).

“O Senhor reina para sempre; o teu Deus, ó Sião, reina de geração em geração. Aleluia!” (Salmo 146:10).

Deus deixa explícito o desejo de que Seu nome seja perpetuado de geração em geração.

Deus na geração de José poupou seu povo da fome: “Faleceu José, e todos os seus irmãos, e toda aquela geração” (Êxodo 1:6).

Passou aquela geração e satanás sempre querendo minar as gerações.

A perseguição aos Hebreus se prolongou por toda a história, desde 2.000 a.C., na época de Moisés. Depois de 2.000 veio Jesus e agora se passam mais 2.000 d.C.

Por que Deus levanta Moisés?

PORQUE DEUS É DEUS DE GERAÇÕES!:

“Decorridos muitos dias, morreu o rei do Egito; os filhos de Israel gemiam sob a servidão e por causa dela clamaram, e o seu clamor subiu a Deus. Ouvindo Deus o seu gemido, lembrou-se da sua aliança com Abraão, com Isaque e com Jacó” (Êxodo 2:23 e 24).

Quando Deus se revela a Moisés se revela como DEUS DE GERAÇÕES.

“2. Apareceu-lhe o Anjo do SENHOR numa chama de fogo, no meio de uma sarça; Moisés olhou, e eis que a sarça ardia no fogo e a sarça não se consumia. 3. Então, disse consigo mesmo: Irei para lá e verei essa grande maravilha; por que a sarça não se queima? 4. Vendo o SENHOR que ele se voltava para ver, Deus, do meio da sarça, o chamou e disse: Moisés! Moisés! Ele respondeu: Eis-me aqui! 5. Deus continuou: Não te chegues para cá; tira as sandálias dos pés, porque o lugar em que estás é terra santa. 6. Disse mais: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó. Moisés escondeu o rosto, porque temeu olhar para Deus. 7. Disse ainda o SENHOR: Certamente, vi a aflição do meu povo, que está no Egito, e ouvi o seu clamor por causa dos seus exatores. Conheço-lhe o sofrimento; 8. por isso, desci a fim de livrá-lo da mão dos egípcios e para fazê-lo subir daquela terra a uma terra boa e ampla, terra que mana leite e mel; o lugar do cananeu, do heteu, do amorreu, do ferezeu, do heveu e do jebuseu. 9. Pois o clamor dos filhos de Israel chegou até mim, e também vejo a opressão com que os egípcios os estão oprimindo. 10. Vem, agora, e eu te enviarei a Faraó, para que tires o meu povo, os filhos de Israel, do Egito” (Êxodo 3:2 a 10).

DEUS FERE A GERAÇÃO DE FARAÓ:

“14. Este dia vos será por memorial, e o celebrareis como solenidade ao SENHOR; nas vossas gerações o celebrareis por estatuto perpétuo”. “29. Aconteceu que, à meia-noite, feriu o SENHOR todos os primogênitos na terra do Egito, desde o primogênito de Faraó, que se assentava no seu trono, até ao primogênito do cativo que estava na enxovia, e todos os primogênitos dos animais. 30. Levantou-se Faraó de noite, ele, todos os seus oficiais e todos os egípcios; e fez-se grande clamor no Egito, pois não havia casa em que não houvesse morto. 31. Então, naquela mesma noite, Faraó chamou a Moisés e a Arão e lhes disse: Levantai-vos, saí do meio do meu povo, tanto vós como os filhos de Israel; ide, servi ao SENHOR, como tendes dito”. “42. Esta noite se observará ao SENHOR, porque, nela, os tirou da terra do Egito; esta é a noite do SENHOR, que devem todos os filhos de Israel comemorar nas suas gerações” Êxodo 12:14, 29 a 31, 42).

DEUS FAZ A JUNÇÃO DAS UNÇÕES EM UMA SÓ FAMÍLIA:

Unção Apostólica – Moisés (Tribo Sacerdotal, Profeta e Líder) – Apóstolo do velho testamento.

Unção Sacerdotal - Arão (Tribo Sacerdotal)

Unção de Adoração Profética - Miriã

Havia a unção da Tribo de Levi, que se estendeu às tribos de Israel e hoje chega até nós em um sacerdócio superior, SACERDÓCIO SANTO, através de Jesus.

A unção não ficou limitada a uma tribo, pois o próprio JESUS é descendente da tribo de Judá.

DEUS AGIU EM MEIO AO CLAMOR DO POVO:

“23. Decorridos muitos dias, morreu o rei do Egito; os filhos de Israel gemiam sob a servidão e por causa dela clamaram, e o seu clamor subiu a Deus.24. Ouvindo Deus o seu gemido, lembrou-se da sua aliança com Abraão, com Isaque e com Jacó” (Êxodo 2:23 e 24).

“1. Palavra do Senhor que foi dirigida a Joel, filho de Petuel. 2. Ouvi isto, vós, velhos, e escutai, todos os habitantes da terra: Aconteceu isto em vossos dias? Ou nos dias de vossos pais? 3. Narrai isto a vossos filhos, e vossos filhos o façam a seus filhos, e os filhos destes, à outra geração. 4. O que deixou o gafanhoto cortador, comeu-o o gafanhoto migrador; o que deixou o migrador, comeu-o o gafanhoto devorador; o que deixou o devorador, comeu-o o gafanhoto destruidor. 5. Ébrios, despertai-vos e chorai; uivai, todos os que bebeis vinho, por causa do mosto, porque está ele tirado da vossa boca. 6. Porque veio um povo contra a minha terra, poderoso e inumerável; os seus dentes são dentes de leão, e ele tem os queixais de uma leoa. 7. Fez de minha vide uma assolação, destroçou a minha figueira, tirou-lhe a casca, que lançou por terra; os seus sarmentos se fizeram brancos. 8. Lamenta com a virgem que, pelo marido da sua mocidade, está cingida de pano de saco. 9. Cortada está da Casa do Senhor a oferta de manjares e a libação; os sacerdotes, ministros do Senhor, estão enlutados. 10. O campo está assolado, e a terra, de luto, porque o cereal está destruído, a vide se secou, as olivas se murcharam. 11. Envergonhai-vos, lavradores, uivai, vinhateiros, sobre o trigo e sobre a cevada, porque pereceu a messe do campo. 12. A vide se secou, a figueira se murchou, a romeira também, e a palmeira e a macieira; todas as árvores do campo se secaram, e já não há alegria entre os filhos dos homens. 13. Cingi-vos de pano de saco e lamentai, sacerdotes; uivai, ministros do altar; vinde, ministros de meu Deus; passai a noite vestidos de panos de saco; porque da casa de vosso Deus foi cortada a oferta de manjares e a libação. 14. Promulgai um santo jejum, convocai uma assembléia solene, congregai os anciãos, todos os moradores desta terra, para a Casa do Senhor, vosso Deus, e clamai ao Senhor” (Joel 1: 1 a 14).

“... e converterá o coração dos pais aos filhos e o coração dos filhos a seus pais; para que eu não venha e fira a terra com maldição” (Malaquias 4:6).

“E irá adiante do Senhor no espírito e poder de Elias, para converter o coração dos pais aos filhos, converter os desobedientes à prudência dos justos e habilitar para o Senhor um povo preparado” (Lucas 1:17).

“17. Chorem os sacerdotes, ministros do Senhor, entre o pórtico e o altar, e orem: Poupa o teu povo, ó Senhor, e não entregues a tua herança ao opróbrio, para que as nações façam escárnio dele. Por que hão de dizer entre os povos: Onde está o seu Deus? 18. Então o Senhor mostrou o seu grande amor para com a sua terra e se compadecerá do seu povo. 19. e, respondendo, lhe disse: Eis que vos envio o cereal, e o vinho, e o óleo, e deles sereis fartos, e vos não entregarei mais ao opróbrio entre as nações. 20. Mas o exército que vem do Norte, eu o removerei para longe de vós, lançá-lo-ei em uma terra seca e deserta; lançarei a sua vanguarda para o mar oriental, e a sua retaguarda, para o mar ocidental; subirá o seu mau cheiro, e subirá a sua podridão; porque agiu poderosamente. 21. Não temas, ó terra, regozija-te e alegra-te, porque o Senhor faz grandes coisas. 22. Não temais, animais do campo, porque os pastos do deserto reverdecerão, porque o arvoredo dará o seu fruto, a figueira e a vide produzirão com vigor. 23. Alegrai-vos, pois, filhos de Sião, regozijai-vos no Senhor, vosso Deus, porque ele vos dará em justa medida a chuva; fará descer, como outrora, a chuva temporã e a serôdia. 24. As eiras se encherão de trigo, e os lagares transbordarão de vinho e de óleo. 25. Restituir-vos-ei os anos que foram consumidos pelo gafanhoto migrador, pelo destruidor e pelo cortador, o meu grande exército que enviei contra vós outros. 26. Comereis abundantemente, e vos fartareis, e louvareis o nome do Senhor, vosso Deus, que se houve maravilhosamente convosco; e o meu povo jamais será envergonhado. 27. Sabereis que estou no meio de Israel e que eu sou o Senhor, vosso Deus, e não há outro; e o meu povo jamais será envergonhado. 28. E acontecerá, depois, que derramarei o meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos velhos sonharão, e vossos jovens terão visões; 29. até sobre os servos e sobre as servas derramarei o meu Espírito naqueles dias” (Joel 2:17 a 29).

ATO PROFÉTICO DE UMA GERAÇÃO HONRAR A OUTRA ATRAVÉS DO LAVAR DOS PÉS:

Pai, filho e neto, lavaram-se os pés mutuamente, representando três gerações.

Pr. e Profeta Celso Villas Bôas Bertoni - 18 de outubro de 2009.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário